Como será o ENEM 2020? Saiba quais são as mudanças!

Desde que o MEC anunciou mudanças na aplicação da prova mais importante do país, os estudantes estão se questionando sobre como será o ENEM 2020. As novas regras estão ligadas, principalmente, ao método de impressão do exame. Todas as informações sobre como será o ENEM 2020 serão reforçadas ao longo do ano para esclarecimento de todas as dúvidas.

Como será o ENEM 2020? Saiba quais são as mudanças!

Como será o ENEM 2020? Saiba quais são as mudanças!

Sobre a importância do ENEM 2020

O Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM) é uma prova aplicada todos os anos no Brasil, com gerenciamento do MEC e Inep. Este é o maior vestibular do país, possibilitando o ingresso em universidades públicas e privadas.

A participação na prova é opcional, as inscrições são online e acontecem no mês de maio. A taxa é de R$82, mas pode haver pedido de isenção do valor. A cada edição participam cerca de 5 milhões de jovens e adultos.

O ENEM 2020 é importante porque além de medir os conhecimentos do estudantes do Ensino Médio, ainda beneficia aqueles que se mostram bem capacitados. A distribuição das bolsas são feitas com base na nota da prova.

Contando com a ajuda do governo os vestibulandos podem iniciar sua graduação por meio de três programas principais. Todos exigem a participação no ENEM, e conquista de mais de 450 pontos nas provas objetivas e mais que zero na redação:

  • SISU: seleciona novos alunos para as universidades públicas;
  • PROUNI: distribui bolsas de estudos parciais e integrais em universidades privadas;
  • FIES: financia os cursos para pagamento a longo prazo em universidades privadas.

✓ Confira 10 possíveis temas para a redação do ENEM 2020


Como será o ENEM 2020?

Em julho de 2019 o presidente do Inep, Alexandre Lopes, anunciou as mudanças previstas pra a prova do ENEM. E trouxe durante entrevista coletiva informações sobre como será o ENEM 2020.

A principal mudança está na forma como a prova será aplicada. A partir de 2020 inicia o projeto piloto tornando o vestibular 100% digital. Para esse primeiro teste estarão disponível 50 mil vagas, equivalente a 1% do total de participantes.



Até 2026 o ENEM vai aderir ao novo formato em todo o país, utilizando laboratórios de computação para realização da prova. O diferencial é a inserção de games, infográficos e até mesmo vídeos que ilustrarão as questões.

O valor da taxa de inscrição para participar do projeto piloto será o mesmo, a estrutura da prova também. Contendo 180 questões e uma redação ENEM 2020 divididas em dois domingos consecutivos.

O Jornal da Record produziu uma reportagem sobre o assunto, e trouxe a opinião de alguns estudantes sobre o caso.


Principais mudanças no ENEM 2020

Algumas questões precisam ser enfatizadas dentro das alterações no exame. São informações relevantes que identificam as principais mudanças no ENEM 2020.

Uma delas é o calendário do exame, embora não tenha divulgado as datas oficiais o presidente do Inep afirmou que para 2020 serão feitas três aplicações de prova.

O formato original em papel, a reaplicação e a prova digital para 50 mil candidatos. Todas com dois dias cada, para que os estudantes possam solucionar com calma as 180 questões.

Além deste destaque, também são importantes pontos:

  • Inicialmente a aplicação vai acontecer em 15 capitais: Belém (PA), Belo Horizonte (MG), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Cuiabá (MT), Curitiba (PR), Florianópolis (SC), Goiânia (GO), João Pessoa (PB), Manaus (AM), Porto Alegre (RS), Recife (PE), Rio de Janeiro (RJ), Salvador (BA), São Paulo (SP);
  • A adesão a modalidade digital será opcional, e se encerrará quando atingir a marca de 50 mil inscritos;
  • Apenas em 2020 o Inep vai investir R$20 milhões no projeto piloto;
  • Entre 2021 e 2025 o número de aplicações anuais vai crescer, a meta é chegar a 4 aplicações da prova por ano;
  • A partir de 2026 o ENEM será totalmente digital.
Avalie este artigo

Avaliação média: 5
Total de Votos: 5

Como será o ENEM 2020? Saiba quais são as mudanças!